terça-feira, 11 de maio de 2021

 POEMAS POR TEMAS




Tema: Mãe


Vem Ver a Minha Mãe

Está junto das coisas que bordaram
com ela os dias que supôs mais belos
e são a fonte de onde lhe começa
o branco tempo dos cabelos.

Mal pousa a vida nos seus dedos gastos
do sonho que pousou na minha mão
e no sangue tão frágil que sustenta
tanta ternura e tanta solidão.

        Vítor Matos e Sá






        Vítor Matos e Sá é um poeta português natural de Lourenço Marques, 
atual cidade de Maputo.
        É licenciado e doutorado em Filosofia pela Universidade de Coimbra,
onde também foi docente.
        A sua poesia reveste-se de uma preocupação especulativa de base filosófica, 
em que são patentes as marcas sobre a experiência existencial.


64 comentários :

  1. Poema lindíssimo sem dúvida
    Cumprimentos poéticos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato pela visita e comentário de apreciação.
      Saudações poéticas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  2. Muito lindo e o tema mãe é sempre inspirador! abraços, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belo poema, sem dúvida.
      Nunca é demais evidenciarmos a importância das mães.
      Forte abraço, Chica.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  3. Belíssimo poema, Juvenal, curto e fala tanto, amei!
    Se chegamos a maturidade e não enxergamos a vida toda nas mãos enrugadas e frágeis de quem nos cuidou, é porque não aprendemos nada, logo seremos nós nesta posição.

    Essa música é maravilhosa, clássico do bom, velho e sempre jovem, rock and roll, que letra!
    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um gosto receber a sua visita e comentário de apreciação.
      Volte sempre.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  4. Respostas
    1. É um poema muito bonito e também muito significativo.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  5. Olá Juvenal!
    Um poema lindíssimo como sempre que venho ao teu cantinho tens sempre algumas palavras que tocam o meu coração talvez por ser mãe...um beijinho e resto de uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico satisfeito com a tua visita e com o gosto do teu comentário.
      É no mês de maio que se celebra o dia da mãe e este poema acaba também por ser uma evocação desse dia e uma homenagem a todas as mães.
      Abraço de carinhosa amizade.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  6. Olá, amigo Juvenal!
    As lembranças mais lindas nós, como mães, bordamos nos filhos.
    Muito bonito o poema.
    Não conhecia o poeta.
    Imagem delicada ilustra o post.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua visita e o seu comentário, que lhe recordou o quanto as mães são capazes de fazer pelos seus rebentos, na preparação para a vida.
      Abraço de fraterna amizade.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  7. Um poema fantástico. Obrigada pela partilha!:)
    -
    Perdida num sonho entre a multidão...
    -
    Beijos e uma excelente tarde.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e comentário de apreço.

      Saudações poéticas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  8. Oi querido amigo Juvenal Nunes que maravilhoso poema do dia das mães ,amei ler !!
    Com carinho sempre bjinhos
    🌹

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sua visita e carinhosa simpatia.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  9. Faculdade onde estudou e se licenciou o meu pai.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua presença e comentário. Coimbra é, de facto, uma ancestral tradição
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  10. Um poema muito bonito de Vítor Matos e Sá, que me emocionou. As Mães , até as dos outros, sempre toca o coração da gente. Em poema, então, vem até lágrimas. Adorei.

    Obrigada por postar.
    Beijinho , Juvenal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem muita razão, Lúcia, o poema é de fina sensibilidade, que não deixa ninguém indiferente.
      Seja sempre bem-vinda.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  11. Olá, amigo Juvenal!
    Belo e sentido poema aqui nos traz!
    Não conhecia este autor,Vítor Matos é Sá.
    Imagino que tenha trabalhos de rara beleza poética.

    Grato pela partilha.

    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que é um autor que escreve com alma, congregando interesse pelos seus escritos.
      Saudações poéticas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  12. Me ha encantado tan bello poema dedicado a las madres Juvenal.

    Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um gosto recebê-la e ao seu comentário de apreço.
      Abraço de amizade.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  13. Lindo poema. A mãe está nos bordados, no transbordamento de ternuras e na solidão.

    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. A verdadeira mãe deve ser uma presença constante, mesmo quando se não dá por ela.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  14. Muito obrigado por partilhar este belo poema.
    Forte abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico satisfeito pela sua visita e apreciação.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  15. Olá, amigo Juvenal, agradeço a partilha desse belíssimo poema de Vítor Matos e Sá, certamente um grande poeta, que não o conhecia.
    Uma boa semana, com saúde.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a visita e as palavras de apreço e fico satisfeito por ter contribuído, pela publicação, pela divulgação de mais um poeta.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  16. Thank you for sharing this poem.

    All the best Jan

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. I am pleased with your visit and the appreciative comment.
      Poetic greetings.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  17. Boa noite Juvenal , passando pra deixar-te o endereço do meu novo espaço.

    Ante os problemas técnicos do blog “Sementes Preciosas”, referentes às atualizações, achei por bem, mudar-me de endereço.
    Espero-te no meu novo espaço.
    Meu carinho.

    SEMENTES
    https://opoetanomeiaoleitorincendeia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terei todo o gosto em continuar a ser a aceder ao seu espaço, seja qual for o endereço.
      Terno abraço.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  18. Respostas
    1. A sensibilidade patenteada pelo autor nesta poesia não deixa ninguém indiferente.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  19. Um poeta que desconhecia, e me pareceu bem interessante.
    Gostei

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e apreciação.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  20. Um belo poema.
    Obrigado pela partilha.
    Continuação de boa semana, caro Juvenal.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um poema que a todos toca e que se sente na alma.
      Seja sempre bem-vindo.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  21. Um belíssimo poema, revelador de uma imensa sensibilidade... e de mais um autor que eu não conhecia!
    Grata por mais uma notável partilha! Um grande abraço! Continuação de uma excelente semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sua presença e pelo caloroso entusiasmo com que recebeu e apreciou o autor.
      Bom fim de semana.
      Saudações poéticas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  22. Este poema é muito bonito e tem mesmo expressiva originalidade poética. Tanta poesia que não conhecemos.
    Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua visita e a elogiosa simpatia da suas palavras.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  23. Olá, amigo Juvenal!
    Passa Passando por aqui, relendo este lindo poema! E desejar um Feliz fim de semana!

    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Mário.
      Bom fim de semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  24. Poema triste, mas meigo e terno,
    obrigada pela partilha e por trazer um poeta que eu não conhecia.
    Abraços, Juvenal, um bom fim de semana, com saúde.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sua presença e pela opinião sobre a publicação.
      Bom fim de semana.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  25. Olá Juvenal
    Lindo poema, um forte abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a visita e comentário apreciativo.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  26. impressive poem...

    thank you for sharing video

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. It was a pleasure to receive you, as well as your comment of appreciation.
      Poetic greetings.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  27. Olhar de um Filho num Poema magnífico.


    Abraço
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sua visita e pela assertiva síntese do comentário.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  28. Não conhecia o autor, mas gostei do poema, conciso mas profundo, impregnado de ternura, não fosse ele dedicado a uma Mãe!
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um gosto a sua presença e o comentário apreciativo.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  29. Agradeço sua primeira visita no meu blog e gostaría de continuidade.
    Eu não tenho muita conhocencia de poetas portugueses, mas gostei de descubrir a Victor Matos e Sao niste belo poema a uma mãe.
    Gostei da música do video, das voçes e efeitos especiais.
    A segunda feira celebramos as Letras Galegas, adicado, iste ano a uma mulher, Xela Arias, que também não conhecía e da que gostaría saver mais.
    Um prazer visitar o seu cantinho.
    Gostei do refrám portugués. Isse não tenho ouvido.
    Boa fim de semana.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Beatriz,
      Tenho visitado o seu blog com frequência e, naturalmente, continuarei a fazê-lo. Gostei bastante da sua presença e dos comentários elogiosos.
      Seja sempre bem-vinda.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  30. Observo que não deija nome dos videos. Acho que sería interesante saber algo mais.Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O vídeo apresentado pertence à banda britânica Queen e a canção intitula-se Bohemian Rhapsody
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  31. Precioso poema, ha sido un gozo leerlo y disfrutarlo
    Buen fin de semana y un abrazo
    Carmen

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato pela visita e simpáticas palavras de apreciação.
      Abraço de amizade.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  32. Olá, amigo Juvenal!
    Passei por aqui, relendo este excelente poema. E desejar uma boa semana com muita saúde.

    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre um gosto vê-lo por cá.
      Desejo que usufrua de uma boa semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar