segunda-feira, 19 de julho de 2021

 POEMAS POR TEMAS


                                                                                  
                                                                              

 Tema: Solidão


SOLIDÃO

Desesperança das desesperanças...
Última e triste luz de uma alma em treva...
— A vida é um sonho vão que a vida leva
Cheio de dores tristemente mansas.

— É mais belo o fulgor do céu que neva
Que os esplendores fortes das bonanças
Mais humano é o desejo que nos ceva
Que as gargalhadas claras das crianças.

Eu sigo o meu caminho incompreendido
Sem crença e sem amor, como um perdido
Na certeza cruel que nada importa.

Às vezes vem cantando um passarinho
Mas passa. E eu vou seguindo o meu caminho
Na tristeza sem fim de uma alma morta.

Vinicius de Moraes







        Vinicius de Moraes é o nome de um poeta brasileiro nascido no
Rio de Janeiro em 19 de outubro de 1913 e falecido na mesma
cidade, em 9 de julho de 1980.
        Foi também jornalista, diplomata, dramaturgo, cantor e compositor.
        É detentor de uma larga obra, tendo obtido grande notoriedade em
todas as áreas a que se dedicou.

57 comentários :

  1. Gran poeta popular, extremadamente sensible persona.
    Lo conocí en noviembre de 1978 en su bar de Río de Janeiro al que llamó Cirrosis. Casi una metáfora para su vida...
    Un grande de las letras, con todas las letras y en mayúsculas.

    Abrazo grande, Juvenal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi bom ter proporcionado esta evocação de Vinicius de Moraes, através do tema escolhido, o que levou a um poeta que era do seu conhecimento pessoal. Há por vezes coincidências fortuitas que levam a situações gratificantes.
      Seja sempre bem vindo.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  2. Excelente soneto de Vinicius de Moraes!
    Um poeta e músico notável.
    Está bem patente neste poema, a dor e a tristeza da solidão. Video igualmente brilhante.
    Parabéns pela partilha, amigo Juvenal!

    Votos de uma excelente semana.
    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sua presença e comentário não deixam dúvidas acerca da mais valia de Vinicius de Moraes,
      enquanto poeta e homem de múltiplas facetas.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  3. Olá:- Foi sem dúvida um poeta exemplar que deixou uma obra poética fabulosa.
    .
    Tenha um dia feliz
    Cuide-se
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela presença. O seu comentário, que agradeço, mostra bem o patamar elevado que alcançou como poeta, bem como o nível de popularidade atingido.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  4. Grande Vinícius de Moraes !!
    Sabia o segredo da linguagem, conhecia os meandros das palavras, e a poesia era íntima dele.
    Grata amigo querido pela homenagem ao grande poeta brasileiro.
    Beijo doce .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua visita e o comentário, com o qual estou em completo acordo.
      Vinicius de Moraes respirava poesia, a qual era parte integrante da sua própria idiossincrasia.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Obrigado pela visita e manifestação de apreço pelo poeta em questão.
      Forte abraço.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  6. Grande Poeta! Adoro os seus poemas, etc... Obrigada pela publicação!:)
    --
    Procuro a paz que anda perdida
    -
    Beijo, e um excelente dia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja sempre bem-vinda. A Cidália é mais uma incondicional admiradora do poeta e sua obra.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  7. Juvenal... que post lindo!!!
    Vinícius, alma tão rica de inspirações.
    E essa música, que bela, você sempre me surpreende, da melhor forma possível, com suas escolhas musicas, adorei!!!
    Um abraço,
    Valéria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou muito grato pela visita e pelo elogioso comentário.
      Volte sempre.
      Saudações poéticas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  8. Embora eu conheça mal a poesia do brasileiro, gostei de ler. Agora vou ver o vídeo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela presença. É sempre bom alargarmos o horizonte dos nossos conhecimentos.
      Espero continuar a corresponder aos seus interesses.
      Forte abraço.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  9. Un hermoso poema, no conocía al autor. Es cierto que nunca te acostará sin aprender una cosa mas. Buena semana. Saludos

    ResponderEliminar
  10. Um Soneto triste e belo, do Poeta que tanto admiro.
    Não sente a dor da solidão quem vive só,
    sente-a, quem a traz agarrada a si,
    mesmo estando no meio de uma multidão.

    Não é a alegria que faz cantar os Poetas, é a dor e a tristeza.

    Um abraço, Poeta Juvenal.
    Grata pela partilha deste poema que não conhecia.
    Fique bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um gosto recebê-la, Janita. Na realidade, os poetas expressam sentimentos e as circunstâncias da vida colocam-nos perante diferentes realidades.
      Agradeço o seu comentário e apraz-me a divulgação feita.
      Saudações poéticas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  11. Olá, amigo!
    Às vezes vem cantando um passarinho
    Mas passa. E eu vou seguindo o meu caminho.

    Os pássaros são meu encanto diário.
    Gostei muito da música, como sempre...
    Seja feliz e abençoado!
    Abraços fraternos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amiga Rosélia, pela sua honrada presença e positiva apreciação.
      Fraterno abraço de amizade.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  12. Um dos pais da atual música popular brasileira
    Escreveu tanto e com tanta qualidade
    Obrigado pela evocação

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, o poeta foi também um músico consagrado, que se revelou também noutras áreas da vida humana.
      Obrigado e volte sempre.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  13. Um grande poeta brasileiro. Mas não conheço bem toda a sua poesia, desconhecia por exemplo este poema triste.
    Gostei da linha melódica do vídeo, mas sou leiga musical, não faço ideia do nome da banda.
    Bom dia, Juvenal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja bem-vinda. Apraz-me continuar a divulgar figuras que marcaram lugar de relevo na poesia.
      A canção do vídeo é interpretada pelos Moody Blues.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  14. Antes só do que em má companhia, pois a solidão pior é a que se sofre junto de alguém.

    Aprecio Moraes e já li um livro dele.

    Os Moody Blues foram um grupo muito bom e Melancoly Man uma dos seus melhores temas.


    Bom resto de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e comentário, com o qual estou de acordo.
      Continuação de boa semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  15. Um belo poema de Vinicus.
    A solidão quando imposta pode ser dura quando procurada pode ser uma benção.
    Bonita partilha
    Muito obrigada e continuação de uma boa semana cheia de tranquilidade e muita saúde.
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poeta conceituado, a sua arte não deixa ninguém indiferente.
      Obrigado pela presença e comentário.
      Espero que fique em paz e com muita saúde.
      Beijos de terna amizade.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  16. Olá Juvenal, postagem linda demais, completa! Vinícius é intenso, sem dúvida!
    Viajei no conjunto, soneto, fotos e vídeo, vi nos comentários o nome da banda e já fui dar uma olhada, ouvi algumas músicas e adorei, assim que tiver tempo vou ouvir mais, obrigada por apresentar, a internet tem dessas coisas maravilhosas...Não conhecemos e de repente está aos nossos olhos.
    Abraço, amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma agradável visita, que me deixa satisfeito com o teor do comentário.
      Seja sempre bem-vinda, Dalva.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  17. Parabéns poeta um delicioso poema. Abraços poéticos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado por vê-la por cá e a comentar de forma elogiosa.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  18. Olá, amigo Juvenal.
    Passando por aqui, relendo este excelente poema de Vinicius de Moraes. E desejar continuação de boa semana.

    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continuação de boa semana.
      Volte sempre.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  19. Respostas
    1. Sim, o poeta sabe transmitir o que lhe vai na alma, com a maestria de quem domina a sua arte.
      Bom fim de semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  20. Olá Juvenal,
    Esplêndido este poema de Vinicius de Moaraes!!!
    Desejo-lhe o resto de uma semana feliz!
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Embora carregada de uma enorme nostalgia, a mensagem do autor corresponde ao objetivo que se propôs.
      Bom fim d semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  21. Um belo poema, pena que seja tão triste, mas lá está um poeta é um sofredor!
    Bom resto de semana!

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente com o comentário elaborado.
      Bom fim de semana.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  22. Respostas
    1. Obrigado pela presença e comentário apreciativo.
      braço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  23. É uma poesia maravilhosa! Pesquisei na internet hoje e encontrei alguns poemas traduzidos para o romeno - gosto de tudo que leio.
    A música é linda! É uma espécie de continuação da poesia.
    Obrigado pela delícia!
    Tenha um bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi bom tê-la recebido e ao seu comentário de positiva apreciação.
      Fico satisfeito por saber que esta publicação a levou a aprofundar o conhecimento sobre o autor.
      Bom fim de semana.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  24. Olá, amigo Juvenal.
    Passando por aqui, relendo este excelente poema, de Vinicius de Moraes. E desejar um feliz fim de semana.

    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço e retribuo.
      Volte sempre.
      Saudações amigas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  25. Vinícius de Morais. Pois. Só ele num Soneto de excelência. A solidão tende a tornar-se na pandemia da pandemia.
    Amei reler...
    Tema musical perfeito.


    Abraço
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um gosto receber a sua visita. A popularidade de Vinicius de Moraes fá-lo ser conhecido e apreciado por todos.
      Agradeço o elogio, volte sempre.
      Abraço de amizade.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  26. Respostas
    1. Fico grato pela sua visita e apreciação.
      Saudações poéticas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  27. Oie meu amigo! Eu amei o poema, muito lindo😍😍
    Eu li um livro do Vinicius de Morais Uma mulher chamada Guitarra e amei. Maravilhoso poeta.

    Passa lá no blog. Tem postagem nova e gostaria de saber sua opinião.

    Beijos,
    Paloma Viricio💫💜

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Paloma, pela sua presença e leitura de positiva apreciação.
      Tenho muito gosto em aceder ao seu convite.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  28. Un gran poeta y musico conocido y admirado. El poema es magnifico bello y nostalgico. Besos

    ResponderEliminar
  29. Um magnifico poema deste grande autor do universo poético brasileiro, que já conhecia e adorei reapreciar por aqui!
    Mais uma partilha de excelência, Juvenal! Um grande abraço!
    Ana

    ResponderEliminar
  30. Vinicius de Moaraes, gosto faz muitos e muitos anos :)
    Um belo momento com a música ajudar .
    Abraço*

    ResponderEliminar