terça-feira, 28 de setembro de 2021

 POETAS DE PARABÉNS

CAMILO PESSANHA




VIOLONCELO
         
Chorai arcadas
Do violoncelo!
Convulsionadas,
Pontes aladas
De pesadelo...

De que esvoaçam,
Brancos, os arcos...
Por baixo passam,
Se despedaçam,
No rio, os barcos.

Fundas, soluçam
Caudais de choro...
Que ruínas, (ouçam)!
Se se debruçam,
Que sorvedouro!...

Trémulos astros...
Soidões lacustres...
—: Lemos e mastros...
E os alabastros
Dos balaústres!

Urnas quebradas!
Blocos de gelo...
— Chorai arcadas,
Despedaçadas,
Do violoncelo.

Camilo Pessanha








        Camilo Pessanha nasceu em Coimbra em 7 de setembro de 1867
e faleceu em Macau a 1 de março de 1926, onde jaz sepultado.
        É o mais destacado representante do simbolismo em língua portuguesa.
Colaborou em diversas revistas da época e é autor do livro Clepsidra,
que o colocou, de imediato, no patamar cimeiro das letras pátrias.
        Ainda em vida, foi galardoado com o grau de Comendador da Ordem
Militar de Sant`Iago de Espada.
        A sua morte deveu-se ao uso abusivo de ópio.

73 comentários :

  1. É sempre bom saber. Bonito poema
    Cumprimentos poéticos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua presença e o comentário apreciativo.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  2. Olá, amigo Juvenal!
    Um poema muito bom de Camilo Pessanha, que aqui partilha!
    Confesso que não conhecia o poema, apesar de conhecer o poeta.
    Parabéns, pela excelente partilha!
    Continuação de ótima semana.
    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O poeta presenteia-nos com um extraordinário poema bem ao gosto da corrente simbolista.
      Agradeço a sua intervenção de apoio e faço votos para a continuação de uma boa semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Obrigado, Paulo, a sua palavra do comentário sintetiza, de forma concludente, tudo quanto ao poema se possa referir.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  4. Oi queridoo poeta Juvena Nunes lindo poema que amei ler ...
    Meu carinho e gratidão sempre ,tenha uma feliz semana 🙏
    Bjinhos 💖🙏 🌷

    ResponderEliminar
  5. Warm greetings to you. Beautiful poem by Camilo Pessanha. Have a great day.

    ResponderEliminar
  6. Oi, Juvenal!
    Lindo poema que gostei de conhecer e amei ler.
    Grata pela partilha!
    Continuação de boa semana.
    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
  7. Olá, Juvenal! A madeira é tão nobre, seja em um violoncelo, num barco e suas estruturas...Porém se desgastam cedo ou tarde. Acho que o som melancólica e lindo me fez viajar no que acho nem entendi.
    Obrigada pela partilha interessante, abraço!

    ResponderEliminar
  8. Un poema muy bonito gracias por hacerlo conocer. Beso

    ResponderEliminar
  9. El violonchelo tiene un sonido unico me gusta mucho.

    ResponderEliminar
  10. O poema é muito belo, As imagens são do melhor!:)
    .
    A ousadia dos sonhos...
    .
    Beijos, e uma boa noite! :)

    ResponderEliminar
  11. A beleza e a tristeza do poema estão na música e no violoncelo, que aliás é um belíssimo instrumento de som meio triste.
    Obrigada pela partilha, Juvenal, mais um poema de Camilo Pessanha que gostei muito de ler.
    Uma excelente semana pra você.
    Um abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sem dúvida um poeta de incontornável valor.
      Agradeço a presença e o comentário apreciativo.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  12. Sepultado no Cemitério de São Miguel Arcanjo.
    Bon vivant, maçon, marcou uma época em Macau.
    Abraço

    ResponderEliminar
  13. Como habitante de Macau pareceu-me que o Pedro poderia acrescentar detalhes à vida conturbada do poeta, em Macau, onde se deixou viciar nos meandros perigosas do ópio.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  14. Belo, muito belo.
    Palavras não há para descrever a beleza de um poema

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela presença e pela apreciação feita.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  15. ¡Cuánto sentimiento derraman sus versos! Me encantan. El poeta siempre vive en sus letras.
    El violonchelo, es un instrumento que tanto canta, como llora y también inspira, solo hay que escuchar, porque oír es muy fácil.

    Gracias por tu huella en mi espacio, y gracias por darme la oportunidad de leer a este gran poeta.
    Un cordial saludo y mi estima, se muy, muy feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou grato pela sua visita e pelo assertivo comentário.
      Saudações poéticas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  16. Olá, amigo Juvenal.
    Passando por aqui, relendo este excelente poema de Camilo Pessanha, e desejar continuação de ótima semana.
    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja sempre bem-vindo.
      Continuação de boa semana.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  17. Poesia de um lirismo encantador. Camilo Pessanha , grande poeta, de alma lúdica e apaixonada, sabia manejar as palavras como poucos.
    Parabéns Juvenal, pela partilha.
    Grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com a sua apreciação.
      Camilo Pessanha revela uma originalidade e uma qualidade raras.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  18. Oi, Juvenal!
    Não conhecia esse poema, mas vejo a música muito bem apresentada mesmo que um tanto melancólico!
    Obrigada pela partilha!
    Beijus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela presença, satisfeito pela divulgação e comentário expresso.
      Saudações poéticas.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  19. Un hermoso poema el de este poeta portugués. No le conocía pero trataré de buscarle porque su estilo me ha gustado mucho, y a ver si aprendo algo de él.
    Gracias por tu visita. Un abrazo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou muito satisfeito com a sua visita e também por tê-la interessado no conhecimento do autor.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  20. Obrigado pela recordação de tão grande vulto da nossa cultura, Juvenal.
    Sempreimportante ler o seu blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela presença e pelo incentivo da sua apreciação.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  21. Agradeço a visita e o comentário apreciativo.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  22. Querido amigo Juvenal, desculpe minha pressa hoje, estou passando rapidinho para agradecer a visita e desejar uma excelente tarde!

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja sempre bem-vinda, é sempre um gosto recebê-la.
      Desejo que passe um bom fim de semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  23. Obrigada por partilhar este poema e a pequena biografia! Gostei muito!
    Bom fim de semana!

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei bastante da sua visita e das incentivadoras palavras de apreciação.
      Bom fim de semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  24. Passando para apeciar mais uma vez esse belo poema! E desejar-te um feliz mês de "Outubro"!
    Que venhas recheados de coisas boas, saúde, paz e muitas felicidades, para você e sua família.

    Tenha um bom fim de semana.
    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito agradeço a sua simpatia e os votos formulados que, naturalmente, retribuo.
      Bom fim de semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  25. Grazie di aver pubblicato una lirica così particolare rileggerla con calma da energia alla sensibilità alla voglia di scoprire la nostra anima

    ResponderEliminar
  26. Satisfaz-me a sua visita e o assertivo comentário.
    Forte abraço.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  27. Boa noite, amigo Juvenal.
    Passando por aqui, relendo este excelente poema, que muito apreciei, e desejar um Feliz fim de semana!
    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  28. Bom "celebrar" Camilo Pessanha, grande vulto da nossa cultura e a partilha do Poema "VIOLONCELO".
    Lindo! Obrigado, Juvenal Nunes.

    Abraço
    SOL da Esteva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua presença e o incentivador comentário de apoio.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  29. Homenaje del poeta invitado a una de las cuerdas, que más entraña los sentimientos y pesares del alma: EL violoncelo. Un abrazo, maestro Nunes. Carlos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi com muito gosto que recebi a sua visita e elogiosas palavras de apreço.
      Seja sempre bem-vindo.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  30. Uma escolha acertada de um Poeta de quem gosto muito.
    O Poema escolhido foi bom.
    Bom fim de semana e saúde e paz.
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, de facto, um excelente poeta e muito original, de tal forma que deu azo ao Simbolismo em Portugal.
      Obrigado pela presença e comentário.
      Continuação de bom fim de semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  31. Olá, Juvenal!
    Passando rápido, só para desejar uma boa noite e feliz domingo.
    Um abraço amigo

    ResponderEliminar
  32. Seja sempre bem-vinda.
    Continuação de bom fim de semana.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  33. Quando li pela primeira vez Camilo Pessanha, Talvez no antigo curso complementar, inebriei com a sonoridade das palavras e ainda o recordo como um poeta diferente. Lembro-me, não há muito de um programa televisivo sobre ele e a vida que lhe coube ou escolheu viver. Pareceu-me então, para além de poeta singular, uma pessoa de mente torturada mal que poderia mesmo ser congénito. Mas pode que me engane e seja apenas o simbolista que nos deixou a Clepsidra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É inegável a superior qualidade do poeta, daí o ter-se imposto, de forma categórica, na literatura lusófona.
      Obrigado pela presença e interessado comentário.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  34. Camilo Pessanha foi um grande escritor.
    Está meio esquecido. Esta homenagem, por isso, é de louvar.
    Bom domingo e uma ótima semana, caro Juvenal.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou grato pela visita e pelo assertivo comentário.
      Abraço poético.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  35. Parece que fue un gran poeta. Un beso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há dúvidas sobre a qualidade da sua poesia.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  36. Boa noite, amigo Juvenal.
    Passando por aqui, para desejar uma boa noite e ótima semana!
    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja sempre bem-vindo.
      Votos de boa semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  37. É bom celebrar Camilo Pessanha, aqui, meu Amigo. O poema é muito belo.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua presença e o comentário de apoio.
      Continuação de boa semana.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  38. Pessanha
    sensível corda de poesia
    envolta, afagada por brancas mãos,
    Soou alto o tom da melancolia
    singular, irrepetível

    Perdeu-se de si no desvario
    levado num torvelinho dum rio

    E não morreu
    fica provado pelo cuidado
    do devoto Juvenal

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi com satisfação que recebia sua visita e o original comentário de apoio.
      Seja sempre bem-vindo.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  39. Respostas
    1. Agradeço a simpatia da sua participação.
      Abraço.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  40. Respostas
    1. Agradeço a sua apreciação e retribuo os votos que formula.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes.

      Eliminar
  41. Olá, amigo Juvenal!
    Passando para agradecer sua visita e desejar uma feliz semana.

    Um abraço amigo.

    ResponderEliminar
  42. Olá Fátyma, seja sempre bem-vinda.
    Continuação de boa semana.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  43. Os nossos grandes poetas do Sec XIX, parece que fizeram um pacto
    para só cantarem o que é triste...
    Como se a poesia de valor tivesse essa função.
    Gostei de ler, amigo juvenal. Abraço.
    ~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a presença e comentário.
      Temos que contextualizar o poema na corrente literária de que o poeta foi altor representante.
      Abraço amigo.
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  44. Boa noite Poeta Juvenal um belo trabalho do Mestre Poeta Camilo Pessanha!
    As imagens são fantásticas e tocaram os acordes
    do meu coração já que sou uma amante do violoncelo.
    Poema sensível e lindíssimo!
    Bom final de domingo
    Bjs de violetas

    ResponderEliminar
  45. Foi um gosto a sua visita e o seu incentivador comentário de apreciação.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar