sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Badfinger - Without You ( Television 1972)






Idílio

Os namorados
                     Caminham de braços dados,
                Sob o dossel dos vergeis,
              Sem conter sua emoção.

Os namorados,
           Pelo amor encantados,
             Em juras de amor fieis,
                 Passeiam de mão na mão.

        Juvenal Nunes

35 comentários :

  1. Respostas
    1. Obrigado pela atenção e comentário.
      Saudações poéticas,
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  2. Os namorados,
    Pelo amor encantados,
    Em juras de amor fieis,
    Passeiam de mão na mão.

    Boa noite de paz, Juvenal!
    Muito bonito e tão singelo seu poema.
    Vídeo bonito.
    Tenha sempre muita inspiração!
    Deus abençoe!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  3. A sua visita é sempre bem vinda.
    Saudações poéticas,
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  4. Como é bom no Idílio viver
    Com amor sempre á mão
    Pois não há melhor prazer
    Que o despertar da paixão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O amor é sempre o sentimento que dá mais sentido à vida.
      Grato pela leitura e comentário.
      Saudações poéticas,
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  5. Olá, Juvenal!

    Como tem passado? Em Lisboa, hoje, houve algum sol. Ainda bem!

    Começo por lhe agradecer a sua visita e palavras tão bonitas e inteligentes, que deixou no meu blogue.

    Conheço bem a canção, que é romântica, não cantada por este intérprete, mas vale a pena ouvi-la.

    Os namorados ainda fazem juras de fidelidade-rs? Olhe, que só as encontro na poesia. O namoro, agora, é tão diferente do dos anos 80 e 90, mas, enfim, temos de ir acompanhando o andar dos tempos, embora discordando de um ou outro aspeto (eu discordo de tantos)!

    Gostei da sua poesia, que acho sonhadora.

    Um grande abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Céu,

      Não tem que agradecer a sinceridade das minhas palavras.
      A canção apresentada é considerada uma das mais poderosas relativamente ao género e, por isso mesmo, interessou a diferentes artistas que a quiseram interpretar. A canção dos Badfinger é a original e valeu-lhes um prémio pela letra e música.
      Reconheço, sem dúvida, que os amantes dos tempos mais atuais têm uma forma de se expressarem mais descomprometida.
      Quando escrevo deixo-me sempre tentar por uma estética mais idealista.
      Sei que a Céu expressa o amor de forma mais ardorosa e com uma frontalidade naturalista.
      Foi bom receber a sua visita e ler as suas observações.
      Saudações poéticas e um abraço de amizade,
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  6. Boa noite caro Juvenal.
    Antes amavam ardentemente
    Hoje parecem desencantados
    Agressões sempre presente
    Amor intenso é coisa do passado.

    Bom domingo
    Abração!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, o seu comentário aponta para uma realidade que tem vindo a ser notícia, a violência entre os namorados. Não podemos ignorar a realidade, mas só o amor verdadeiro é genuíno.
      Saudações poéticas e um forte abraço,
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  7. Obrigado pela visita e comentário.
    Saudações bárdicas,
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  8. ¡Hola, buenos días!

    Son unos versos dulces amorosos muy bonitos, cantan al amor.
    Me han encantado. Todo un placer.

    Gracias por tu visita, importante para mí.


    Se muy, muy feliz.
    Un saludo muy cordial.

    ResponderEliminar
  9. Obrigado pela simpatia das suas palavras.
    Volte sempre.
    Saudações poéticas,
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  10. De mão em mão. Até sentirem o bater do coração…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que o sentimento verdadeiro é o que brota do coração.
      Grato pela visita e comentário.
      Saudações poéticas,
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  11. De mão na mão, é fácil e gostoso sonhar!
    Que as mãos nunca se apartem, para que a vida não se viva em vão.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Quanto mais romântica for a envolvência do amor, mais funda será a sua impressão.
    Beijos e saudações poéticas,
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  13. Beleza de poema, Juvenal. Muito obrigado pela sua visita. Eu sigo você a partir de agora.

    Abraço grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sua leitura e pelo seu apreço.
      Grande abraço,
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  14. Como é bom namorar e passear de mão na mão.
    Há quanto tempo não ouvia esta linda música, obrigado pela partilha.
    Romântico e lindo poema.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelas suas simpáticas observações.
      Saudações poéticas,
      Juvenal Nunes

      Eliminar
  15. Levou- me à minha juventude onde não contive uma emoção interior , acompanhada da linda música
    Belo e romântico o seu poema, Juvenal!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  16. Agradeço o seu comentário e palavras elogiosas.
    Saudações poéticas,
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  17. Os namorados caminham de mãos dadas.
    Fez - me renascer.
    E sentir o quanto sou feliz enamorada.
    Sorrisos enamorados.
    Megy Maia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradecido pelo seu comentário e apreço revelados.
      Saudações poéticas,
      Juvenal Nunes

      Eliminar
    2. Obrigada.
      Sorrisos poéticos.
      Megy Maia

      Eliminar
  18. Gosto desses passeios...

    Braço dado, almas unidas; mãos dadas, corações beijando-se...

    Gostei do poema, Juvenal, devia frequentar mais o Refúgio dos Poetas...

    Saudações poéticas.
    ~~~~~

    ResponderEliminar
  19. Obrigado pela sua visita e comentários.
    Saudações poéticas,
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  20. Idílio encantador, expressando a face verdadeira do amor, aquele amor que respeita, age com ternura e juntos mão a mão vão se tocando os corações.
    Beijos carinhosos!

    ResponderEliminar
  21. Um pequeno grande poema, Juvenal, e um belíssimo tema musical que me soube bem recordar.
    Continuação de boa semana.
    Humberto Maranduva

    ResponderEliminar
  22. Obrigado pela visita e comentário.
    Saudações poéticas,
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar